SISTEMA S: a obrigatoriedade de divulgação dos valores arrecadados/destinação e orçamento anual

Sistema "S"

Desde a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) aplicável ao exercício de 2009 há previsão para que as entidades de Serviços Social Autônomo, conhecidas como entidades do Sistema S, divulguem, pela internet, “dados e informações acerca dos valores recebidos à conta das contribuições, bem como aplicações efetuadas, discriminadas por finalidade e região”. (Grifamos.) (Art. 6º, § 3º, da Lei nº 11.768/2008.)

A LDO aplicável ao exercício de 2010 acrescentou à necessidade de divulgação a observância do prazo semestral (Art. 6º, § 3º, da Lei nº 12.017/2009.). Já a LDO de 2011 diminuiu o intervalo de divulgação para (04) quatro meses (Art. 6º, § 3º da Lei nº 12.309/2010.), alteração essa mantida na LDO de 2012 (Art. 6º, § 3º, da Lei nº 12.465/2011.).

Já a LDO de 2013 (Lei nº 12.708/2012.) trouxe o art. 115, §§ 1º e 2º, que ampliou a gama de informações a serem disponibilizadas e diminuiu o intervalo de divulgação para trimestral, vejamos:

Art. 115.  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários deverão divulgar, trimestralmente, na respectiva página na internet, em local de fácil visualização, os valores arrecadados e a especificação de cada receita e de cada despesa constantes dos respectivos orçamentos, discriminadas por natureza, finalidade e região.

§ 1o  As entidades previstas no caput divulgarão também seus orçamentos de 2013 na internet.

§ 2o  As entidades de que trata o caput divulgarão e manterão atualizada nos respectivos sítios na internet, além da estrutura remuneratória dos cargos e funções, a relação dos nomes de seus dirigentes e dos demais membros do corpo técnico. (Grifamos.)

Você também pode gostar

Por fim, a LDO de 2014 (Lei nº 12.919/2013), aprovada no dia 24 de dezembro de 2013, alterou apenas o número do dispositivo para art. 113, mantendo integralmente a redação do art. 115, da LDO de 2013.

Como visto, a exigência legal de divulgação da destinação dos recursos parafiscais pelas entidades do Sistema S foi sendo ampliada desde seu surgimento na LDO de 2009 e já abrange hoje, com a LDO de 2014 (art. 113 e §§ 1º e 2º, da Lei nº 12.919/2013), a obrigatoriedade de publicação na internet: 1) dos valores arrecadados e a especificação de cada receita e cada despesa; 2) do orçamento anual da entidade; 3) e da estrutura remuneratória de cargos e funções e identificação de dirigentes e dos membros do corpo técnico.

O posicionamento do TCU, que é responsável pela fiscalização das contas das entidades do Sistema S, caminha no sentido de dar cumprimento ao disposto na LDO.

Em Acórdão proferido em novembro/2013, o referido tribunal determinou que: “9.1 nos termos do art. 115 da Lei 12.708/2012, divulgue trimestralmente, na respectiva página na internet, em local de fácil visualização, todos os valores arrecadados e a especificação de cada receita e de cada despesa constantes dos respectivos orçamentos, discriminadas por natureza, finalidade e região, bem como seu orçamento anual.” De acordo como relator, tal medida tem como objetivo resguardar a “transparência que deve permear todo o ciclo de previsão, arrecadação e dispêndio de verbas públicas”. (TCU, Acórdão nº 3.214/2013, Rel. Min. José Múcio Monteiro, j. em 27.11.2013.)

O Min. Raimundo Carreiro, ao proferir sua declaração de voto apontou também que embora o tribunal venha adotando, nos últimos anos, a prática de não expedir determinações para “simples” cumprimento de lei, considerou oportuno faze-lo porque após exame de páginas na internet de algumas entidades foi constatado que apenas uma vem cumprindo de maneira razoável a determinação contida no art. 115, da Lei 12.708/2012 (LDO de 2013).

Considerando a previsão legal e a recente manifestação do TCU, as entidades do Sistema S devem observar as determinações da LDO, dando publicidade, trimestralmente: 1) aos valores arrecadados e a especificação de cada receita e cada despesa; 2) ao orçamento anual da entidade; 3) acerca da estrutura remuneratória de cargos e funções e identificação de dirigentes e dos membros do corpo técnico.

Segue breve resumo da evolução legislativa para consulta:

LDO 2014 – LEI Nº 12.919, DE 24 DEZEMBRO DE 2013.

Art. 113.  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários deverão divulgar, trimestralmente, na respectiva página na internet, em local de fácil visualização, os valores arrecadados e a especificação de cada receita e de cada despesa constantes dos respectivos orçamentos, discriminadas por natureza, finalidade e região.

§ 1o As entidades previstas no caput divulgarão também seus orçamentos de 2014 na internet.

§ 2o As entidades de que trata o caput divulgarão e manterão atualizada nos respectivos sítios na internet, além da estrutura remuneratória dos cargos e funções, a relação dos nomes de seus dirigentes e dos demais membros do corpo técnico.

LDO 2013 – LEI Nº 12.708, DE 17 DE AGOSTO DE 2012.

Art. 115.  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários deverão divulgar, trimestralmente, na respectiva página na internet, em local de fácil visualização, os valores arrecadados e a especificação de cada receita e de cada despesa constantes dos respectivos orçamentos, discriminadas por natureza, finalidade e região.

§ 1o  As entidades previstas no caput divulgarão também seus orçamentos de 2013 na internet.

§ 2o  As entidades de que trata o caput divulgarão e manterão atualizada nos respectivos sítios na internet, além da estrutura remuneratória dos cargos e funções, a relação dos nomes de seus dirigentes e dos demais membros do corpo técnico.

LDO 2012 – LEI Nº 12.465, DE 12 DE AGOSTO DE 2011.

Art. 6º, § 3o  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários deverão divulgar, quadrimestralmente, pela internet, dados e informações atualizados acerca dos valores recebidos à conta das contribuições constantes dos respectivos orçamentos, bem como das aplicações efetuadas, discriminadas por finalidade e região.

LDO 2011 – LEI Nº 12.309, DE 9 DE AGOSTO DE 2010.

Art. 6º, § 3o  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários deverão divulgar, quadrimestralmente, pela internet dados e informações atualizados acerca dos valores recebidos à conta das contribuições constantes dos respectivos orçamentos, bem como das aplicações efetuadas, discriminadas por finalidade e região.

LDO 2010 – LEI Nº 12.017, DE 12 DE AGOSTO DE 2009.

Art. 6º, § 3o  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários deverão divulgar, semestralmente, pela internet, dados e informações atualizados acerca dos valores recebidos à conta das contribuições, bem como das aplicações efetuadas, discriminadas por finalidade e região.

LDO 2009 – LEI Nº 11.768, DE  14 DE AGOSTO DE 2008.

Art. 6º, § 3o  As entidades constituídas sob a forma de serviço social autônomo, destinatárias de contribuições dos empregadores, incidentes sobre a folha de salários, deverão divulgar, pela internet, dados e informações acerca dos valores recebidos à conta das contribuições, bem como das aplicações efetuadas, discriminadas por finalidade e região.

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Doutrina

A LINDB esvaziada

Não é novidade que o aparato de controle e de repressão da Administração Pública nunca se animou com as alterações promovidas na LINDB pela Lei n. 13.655/2018. Tanto é verdade...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores