A Administração Pública e os critérios de sustentabilidade

Contratações Sustentáveis

Aqui no Blog da Zênite, há vários meses, indicamos informações e ferramentas que podem auxiliar na tarefa do gestor público no tema “contratações públicas sustentáveis”, a exemplo da Agenda Ambiental na Administração Pública e do ICLEI.

Felizmente hoje, muito mais do que no passado, o gestor público passa a ter conhecimento da importância de estabelecer critérios de sustentabilidade nos processos de contratação pública. Mas a verdade é que ainda estamos muito longe do mundo ideal.

De todo modo, o fato é que não há mais volta. É imprescindível conscientização e capacitação da Administração Pública para que todas as contratações e demais ajustes suportados com recursos públicos sejam promotores da sustentabilidade. Tal realidade se confirma pelo posicionamento dos órgãos de controle sobre a questão.

Bom exemplo disso é a análise do Tribunal de Contas da União no Acórdão nº 11.161/2011 – Plenário, que em sede de Tomadas de Contas Especial decorrente da conversão de Relatório de Auditoria oriunda da Fiscalização de Orientação Centralizada – FOC, julgou irregulares as contas dos gestores e aplicou-lhes multa por diversas irregularidades, entre elas a ausência de definição de critérios de sustentabilidade, caracterizando afronta ao princípio da eficiência. Veja-se:

Você também pode gostar

Acórdão

9.6. dar ciência à Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social – Secis/MCT que foi verificado na Tomada de Contas Especial referente aos Convênios Siafis 523.244 e 493.867 o descumprimento de normas legais durante a fase de celebração dos ajustes, sendo detectadas as seguintes irregularidades:

[…]

9.6.6. ausência de definição das condições e critérios de sustentabilidade após o aporte de recursos federais – princípio constitucional da eficiência preconizado no art. 37 da Constituição Federal de 1988.” (TCU. Acórdão nº 11.161/2011 – Plenário. Min. Rel. Augusto Sherman Cavalcanti. Julgado em: 22 nov. 2011, grifamos.)

Veja-se que o compromisso para com a sustentabilidade, hoje, transpõe o mero conhecimento pelos gestores públicos quanto a um comprometimento a ser implementado. A questão já tem sido objeto de apontamento pelos órgãos de controle, o que requer cautela.

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Estatais

Estatais & mecanismos para a inovação

Inteligência artificial, blockchain, internet of things, computação quântica, supercondutores e energia limpa e renovável são exemplos de temas vinculados à inovação que entusiasmam gestores públicos e privados. A celebração de...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores