Na contratação de leiloeiros pela Administração é possível aceitar proposta com percentual de 0%. Veja os fundamentos da decisão do TJ/DF!

AlienaçãoLicitação

Trata-se de licitação na modalidade convite realizada para contratar serviços de leiloeiro público oficial. Discute-se, em sede de apelação, a legalidade do ato da comissão de licitação que admitiu propostas constando como remuneração do leiloeiro o percentual de 0% do valor dos bens a serem alienados, haja vista serem vedados tanto a prestação de serviços públicos gratuitos quanto a aceitação de proposta com valor zero, na forma prevista pelo art. 44, § 3º, da Lei nº 8.666/93.

Analisando o caso, o Relator esclareceu que “a remuneração do leiloeiro é composta tanto do percentual que ele cobra da licitante pela execução dos serviços de leiloeiro, como do percentual incidente sobre o valor dos bens leiloados. Ou seja, a remuneração do leiloeiro não está restrita ao valor que ele propõe diretamente à licitante, o valor final engloba também o percentual de 5% que lhe será vertido, obrigatoriamente, sobre o valor auferido com os bens leiloados”.

Nesse sentido, destacou trecho do instrumento convocatório: “O leiloeiro cobrará do arrematante/comprador, a título de comissão, o percentual de 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação mais o ICMS de acordo com a legislação em vigor”. Assim, concluiu o Relator que “os valores globais ou unitários, na forma inserta no § 3º do artigo 44 da Lei nº 8.666/93, dos serviços prestados pelo vencedor da licitação omissis não foram gratuitos, de modo que é forçoso concluir que a licitante classificou os concorrentes em observância ao princípio da estrita legalidade”.

Com base nesse entendimento, o TJ/DF negou provimento à apelação, considerando regular a aceitação de propostas contendo como remuneração do leiloeiro o percentual de 0% do valor dos bens a serem alienados. (Grifamos.) (TJ/DF, AC nº 2014.01.1.195178-0)

Nota: Esse material foi originalmente publicado na Revista Zênite – Informativo de Licitações e Contratos (ILC). A Revista Zênite e a Web Zênite Licitações e Contratos trazem mensalmente nas seções Jurisprudência e Tribunais de Contas a síntese de decisões relevantes referentes à contratação pública. Acesse www.zenite.com.br e conheça essas e outras Soluções Zênite.

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Doutrina

A LINDB esvaziada

Não é novidade que o aparato de controle e de repressão da Administração Pública nunca se animou com as alterações promovidas na LINDB pela Lei n. 13.655/2018. Tanto é verdade...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores