Ausência de planejamento adequado e execução insatisfatória do objeto

Planejamento

Em 24/09/2010, foi veiculada no jornal “Bom dia Paraná” a seguinte notícia:

“Apenas 7 das 34 câmeras de segurança de Londrina funcionam”.

A notícia se reporta às câmeras instaladas no centro de Londrina-PR, que têm por finalidade auxiliar no combate aos crimes cometidos na cidade.

Você também pode gostar

O detalhe que chama a atenção, sob a perspectiva do direito administrativo,  é o motivo pelo qual as câmeras não estão operando: o contrato firmado entre a prefeitura e a empresa prestadora dos serviços não previa a reposição de peças, caso fosse necessário.

A ausência desta cláusula fez com que, aos poucos, fossem perdidas 27 câmeras, pela impossibilidade de manutenção dos equipamentos. Conforme informações obtidas junto à prefeitura, o contrato está suspenso e, no prazo de 20 dias, será realizada nova licitação.

Embora tenha sido tomada providência para regularização da situação, é preciso entender a origem do problema. No caso em análise, a falha se deu no momento de planejamento da licitação: o foco da Administração local foi o resultado final esperado, passando despercebidas outras obrigações – que não apenas o fornecimento do material – necessárias ao êxito da contratação.

A perda do material contratado poderia ter sido evitada se, a par de estipular a obrigação principal do particular (fornecimento e instalação do equipamento de segurança), a Administração tivesse previsto as demais obrigações que com aquela formavam o encargo do contratado, notadamente a de manutenção das câmeras instaladas.

Com isso, quer-se evidenciar a real importância do planejamento, etapa da fase interna do procedimento que não pode ser ultrapassada, sob pena de falha na definição do encargo e consequente execução insatisfatória do objeto contratado.

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Doutrina

A LINDB esvaziada

Não é novidade que o aparato de controle e de repressão da Administração Pública nunca se animou com as alterações promovidas na LINDB pela Lei n. 13.655/2018. Tanto é verdade...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores