Se não for possível garantir igualdade e critério objetivo de julgamento, a competição deve ser considerada inviável

Contratação diretaLicitação

Sobre a conclusão 5 do post publicado no dia 26 de abril, intitulado “O perfil constitucional da contratação pública”, apresento as seguintes ponderações complementares, cuja finalidade é melhor esclarecer o que foi dito.

Se não for possível assegurar igualdade, a competição é juridicamente inviável. Várias situações podem tornar impossível ao agente público atender ao dever de assegurar a garantia da igualdade. Uma dessas situações é quando se reconhece, justificadamente, que há apenas uma única pessoa em condições de viabilizar a solução capaz de satisfazer plenamente a necessidade da Administração. É o caso descrito no inc. I do art. 25 e o indicado no inc. X do art. 24, ambos da Lei nº 8.666/93.

Outra situação que impede a garantia da igualdade é a impossibilidade de realizar a escolha por meio de critério objetivo, tal como ocorre em relação à situação descrita no inc. II do art. 25 da Lei nº 8.666/93. Nesse caso, pouco importa se existem várias empresas ou mesmo profissionais notoriamente especializados. A existência de pluralidade de potenciais prestadores não afasta a inviabilidade de competição prevista no inc. II do citado art. 25, mas afasta a do inc. I do mesmo artigo. Isso ocorre porque o fundamento fático que determina cada uma das duas hipóteses especiais é diverso. Portanto, as diferentes hipóteses de inviabilidade de competição não são produzidas com a mesma matéria-prima.  É como pão: nem sempre ele é feito de trigo.

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Doutrina

A LINDB esvaziada

Não é novidade que o aparato de controle e de repressão da Administração Pública nunca se animou com as alterações promovidas na LINDB pela Lei n. 13.655/2018. Tanto é verdade...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores