Pagamento – Retenção – TRF4

Contratos Administrativos

Em sede de apelação, busca-se reforma da decisão que considerou regular a retenção de pagamentos em contrato de serviços de manutenção de áreas verdes em aeroporto, ante a existência de obrigações contratuais pendentes. A retenção teria se justificado na existência de autuação da contratada junto a ANVISA, pelo exercício das atividades com autorização de funcionamento de empresa (AFE) vencida. A recorrente sustenta que “não restou demonstrada qual a obrigação contratual não obedecida, pois, enquanto realizava serviços que exigia AFE ela manteve essa autorização, não tendo feito a sua renovação em razão de orientação da própria ANVISA”. Em análise, o Relator considerou que a retenção de pagamento, nos moldes efetivados pela Administração, ofendeu o princípio da legalidade, visto que tal possibilidade não consta do rol do art. 87 da Lei nº 8.666/93. De acordo com o entendimento do Desembargador, ainda que o contrato preveja essa condição, nos termos da Lei, a retenção dos pagamentos eventualmente devidos só poderá ser efetivada quando a garantia for insuficiente para cobrir a multa aplicada, não sendo o caso dos autos. Assim, deu provimento à apelação considerando ilegal a exigência de cancelamento da AFE vencida como condição para o pagamento de serviços prestados, ainda que com fundamento em previsão contratual, pois implica enriquecimento ilícito da Administração Pública. (TRF 4ª Região, Apelação Cível nº 5011420-65.2010.404.7000/PR)

Nota: Esse material foi originalmente publicado na Revista Zênite – Informativo de Licitações e Contratos (ILC). A Revista Zênite e a Web Zênite Licitações e Contratos trazem mensalmente nas seções Jurisprudência e Tribunais de Contas a síntese de decisões relevantes referentes à contratação pública. Acesse www.zenite.com.br e conheça essas e outras Soluções Zênite.


 

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Doutrina

A LINDB esvaziada

Não é novidade que o aparato de controle e de repressão da Administração Pública nunca se animou com as alterações promovidas na LINDB pela Lei n. 13.655/2018. Tanto é verdade...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores