Pesquisa de preços em mercados com poucos fornecedores

LicitaçãoPlanejamentoPregão

Talvez você já tenha se perguntado, diante de preços
coletados a partir de uma pesquisa, sobre qual métrica adotar para calcular o
preço estimado!

Em recente decisão do Plenário – Acórdão nº 1.850/2020, o TCU confirmou critério importante para decidir entre o menor preço, a média ou a mediana.

A decisão trata, especificamente, de licitação realizada em mercado que o tribunal considerou restrito, ou seja, com número pequeno de fornecedores. A análise técnica foi bastante “feliz” na explicação sobre a escolha da métrica, vejamos :

“239. De acordo com o Art. 2º, § 2º, da Instrução Normativa – MPOG 3/2017, as metodologias para obtenção do preço de referência para a contratação, são a média, a mediana, ou o menor dos valores obtidos na pesquisa de preços, desde que o cálculo incida sobre um conjunto de três ou mais preços.

Você também pode gostar

240. Ou seja, compete ao gestor decidir qual métrica melhor se adequa ao mercado do insumo a ser adquirido. Se os preços, por exemplo, forem bastante díspares, adotar-se-ia a mediana, tendo em vista que ela é menos sensível que a média a variações extremas. Já quando se tratar de um mercado restrito, com um único fabricante, por exemplo, julga-se que a melhor métrica seria o menor preço. Nos outros casos, entende-se que a média poderia ser aplicada.

241. A jurisprudência majoritária deste Tribunal (Acórdão 1639/2016-Plenário, Acórdão 7290/2013-2ª Câmara e Acórdão 8514/2017-2ª Câmara), entende que, na elaboração do orçamento estimativo para equipamentos a serem fornecidos em mercado restrito, oligopolizado, deve ser adotada a cotação mínima e não a mediana ou a média”. (Grifamos.) (TCU, Acórdão nº 1.850/2020, Plenário.)

Veja a importância de, além de coletar os preços, conhecer o mercado do qual vai contratar o produto ou serviço. Ele pode determinar a forma de cálculo do preço estimado da sua licitação!

A pesquisa de preços e o cálculo do preço estimado são etapas, dentre muitas, importantes e desafiadoras do processo de contratação e é por isso que a Zênite segue compartilhando diretrizes e trabalhando em soluções seguras para você, agente público, e eficientes para a Administração!

A nova Cotação Zênite realiza pesquisas de preços de forma rápida e segura! Seguindo as orientações da novíssima IN nº 73/2020 e do TCU, a solução apresenta os resultados de média, mediana e menor preço, dentre várias outras funcionalidades que facilitam a estimativa de preços. Conheça!

Continua depois da publicidade
Seja o primeiro a comentar
Utilize sua conta no Facebook ou Google para comentar Google

Assine nossa newsletter e junte-se aos nossos mais de 100 mil leitores

Clique aqui para assinar gratuitamente

Ao informar seus dados, você concorda com nossa política de privacidade

Você também pode gostar

Continua depois da publicidade

Nova Lei de Licitações

A nova Lei de Licitações prevê a reserva de cargos para pessoa com deficiência, para reabilitado da Previdência Social ou para aprendiz, e outras previstas em normas específicas. Em que momento dever ser demonstrada e de que forma?

O art. 62, da Lei nº 14.133/2021 estabelece que a “habilitação é a fase da licitação em que se verifica o conjunto de informações e documentos necessários e suficientes para demonstrar...

Colunas & Autores

Conheça todos os autores